Zagreb – Coração da Croácia

Paulo Queiroga

A Croácia como nação é relativamente nova. Apenas em 1991, o país obteve sua independência da Iugoslávia, após um plebiscito que deu ampla vitória aos separatistas. 

Mas a sua história remonta à antiguidade. No ano 925, o então duque Tomislav foi coroado rei dos Croatas, criando-se o reino que compreendia as terras desde o rio Drava até o mar Adriático. De lá para cá, passou pelas mãos dos húngaros, otomanos, mulçumanos, cristãos e, no século XX foi incorporado ao território ao que se chamou de União das Repúblicas Iugoslavas, até a sua definitiva separação como nação livre.

Com localização privilegiada na Europa Central, fronteira marítima com a Itália, litoral do Mar Adriático, a Croácia é um dos eixos de comércio com a região dos balcãs. 

Hoje, visitamos Zagreb, a capital da Croácia. (a pronúncia em croata é Zágreb), que se tornou capital e centro administrativo da República da Croácia em 1991, após sua independência. 

Atualmente, com 800 mil habitantes, a cidade é um pujante polo econômico, científico e acadêmico, além do crescente movimento do turismo e um povo extremamente receptivo. 

Uma das dificuldades é a língua croata, que apesar de usar o alfabeto latino, certas palavras são simplesmente impronunciáveis para nós. 

Zagreb se desenvolveu a partir da união de duas cidades medievais: Kaptol e Gradec situadas em duas colinas vizinhas cercadas por fortalezas.

A união das duas cidades se deu em 1850, criando toda a área da cidade baixa, onde antigamente era local de feira entre as duas cidades, que se chamou de Novi Zagreb (Nova Zagreb) com arquitetura neoclássica, suntuosos palácios e vários parques, que se unem em torno da cidade e que os croatas os chamam orgulhosamente de Ferradura Verde.  Assim as antigas cidades se tornaram bairros históricos com alto grau de preservação de suas características medievais.

O coração da cidade fica na parte alta. A praça principal onde ocorrem os eventos mais importantes chama-se Ban Jelacic (não tente pronunciar), nome de uma das figuras mais importantes da história da Croácia. Era Conde e General no período do Império Austro-Húngaro, que se notabilizou pela abolição do regime feudal tardio e pela sua luta pela maior autonomia do povo croata. Ali, a estátua equestre ostenta o poder do seu herói e é respeitado e admirado pelo povo.

 A rua Tkalciceva, a mais movimentada da cidade, tem uma história interessante:

Até o século XIX, o local onde passa hoje a rua era um riacho que dividia as duas cidades Gradec e Kaptol, ligadas por pontes sobre o riacho.

Ali havia comércio e, principalmente, muitos conflitos entre os moradores, com batalhas sangrentas e grandes perdas para os dois lados, até que, no século XIX, o riacho foi coberto de terra e se uniras as duas cidades. A partir daí, a rua Tkalciceva tornou-se o Distrito da Luz Vermelha, onde se concentravam praticamente todos os bordéis da cidade.

Hoje recuperada e reurbanizada, a vibrante rua é o local onde reúne o maior número de visitantes e turistas de Zagreb, com bares, cafés, lojas de artesanatos locais, terraços aconchegantes, cervejarias tradicionais e muita gente bonita.

O coração da cidade alta é a Praça de São Marcos, onde fica a igreja mais icônica e fotografada. Seu telhado colorido exibe dois brasões: O da esquerda representa o reino Triúno da Croácia, Eslavônia e Dalmácia. O da direita representa a cidade unida Zagreb. A praça também ostenta a sede do Governo da República da Croácia, os edifícios do Parlamento Croata e do Tribunal Constitucional.

Zagreb oferece outros pontos que devem ser visitados, como a Catedral, com uma torre de 108 metros de altura, o ponto mais alto da cidade, e a Porta de Pedra, que une as duas cidades antigas, transformadas em santuário católico. Todos valem muito uma visita.

Surpreendente, este conjunto urbano, que soube preservar o passado e se lançar no presente como um dos pontos turísticos importantes da Europa Central.

_____________________________________________________________________________

Casa Meva Decor Fábrica de Tapetes

Voando BemEspecialistas em resolver problemas de voo

Dra. Priscila Cartaxo – Dermatologista em Belo Horizonte

DR. FREDERICO CARTAXO – Nutrologia e Medicina do Esporte

Top English – Escola de inglês online

Top English – Escola de inglês online no Brasil

As Melhores Baterias Automotivas para Seu Veículo em BH

Fábrica de Tapetes. Tapetes para sala, quarto, corredor, escritório, tapetes impermeáveis e antiderrapantes.

Construa sua Presença Online com Excelência | Quebrando Tabus

Projeto de arquitetura e design |Mozart Vidigal & Cristina Salles

Produtos do Galão Oficial CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

Desconto Conta de Luz da Cemig

Tráfego orgânico MercadoComum bY SEO MUNIZ 25.6-milhoes
Tráfego orgânico MercadoComum bY SEO MUNIZ 25.6-milhoes

De acordo com estatísticas do Google Analytics Search a publicação MercadoComum

John Mueller - Google I/O John coordinates Google Search Relations efforts as a Search advocate. He and his team connect the Google-internal world of Search engineering e Marcos Muniz @seo_muniz
John Mueller – Google I/O
John coordinates Google Search Relations efforts as a Search advocate. He and his team connect the Google-internal world of Search engineering e Marcos Muniz @seo_muniz

Rota

Sua localização:

Mercado Comum: Jornal on-line - BH - Cultura - Economia - Política e Variedades

Rua Padre Odorico, 128 – Sobreloja São Pedro
Belo Horizonte, Minas Gerais 30330-040
Brasil
Telefone: (0xx31) 3281-6474
Fax: (0xx31) 3223-1559
Email: revistamc@uol.com.br
URL: https://www.mercadocomum.com/
DomingoAberto 24 horas
SegundaAberto 24 horas
TerçaAberto 24 horas
QuartaAberto 24 horas
QuintaAberto 24 horas Abra agora
SextaAberto 24 horas
SábadoAberto 24 horas
Anúncio