A receita de Walt Disney para o sucesso

Cesar Eduardo da Silva*

Padrões mudam com o tempo e devem ser desafiados, pois uma das poucas certezas que temos na vida é a de que a mudança vai ocorrer em algum momento. Então, por que não decidir ser agente ativo em vez de espectador passivo da mudança? O pensamento criativo não envolve apenas a geração de novas ideias, mas, o descarte de conceitos ultrapassados.

Exemplo disso é o formato de teclado “Qwerty”, criado com o intuito de dificultar a digitação, pois a principal reclamação dos usuários de máquinas de escrever no final dos anos 1800 era de que as teclas se enroscavam demais.

Sendo assim, os fabricantes propuseram um teclado que dificultasse a digitação para torná-la mais lenta, simplesmente colocando as letras mais utilizadas próximas aos dedos mais fracos (nada brilhante). Quantas ideias obsoletas ainda continuamos a seguir cegamente?

O descarte de iniciativas consideradas inusitadas e até esquisitas, que ainda não tiveram a chance de se mostrar na prática, pode ser prematuro. O grande Walt Disney tinha uma excelente técnica para chegar aos resultados que desejava, envolvendo três personagens representados por ele mesmo em momentos diferentes.

O primeiro era o Sonhador, que não tinha limites para imaginar e criar. Era o indivíduo que praticamente só utilizava a lógica abdutiva – a que produz a criatividade e a inovação ao introduzir uma ideia.

O segundo personagem era o Crítico, que frequentemente ameaçava o Sonhador, por isso, Disney o controlava para aparecer apenas no momento certo. Se ele se manifestasse antes da hora, certamente “mataria” prematuramente as boas novas. Então, o Crítico, com sua lógica dedutiva (ideia generalista) apuradíssima, tinha a hora certa de entrar.

Por fim, encarnava o Prático para analisar as ideias do Sonhador. Este faz muito uso da lógica indutiva – partindo de alguns exemplos e dados – e permite uma parceria muito interessante com os outros dois personagens, consultando-os com frequência. Entretanto, o Prático também não deve entrar em cena muito cedo pelos mesmos motivos do Crítico: não acabar cedo demais com as iniciativas do Sonhador.

A criatividade pode assumir diversos padrões, como este criado por Disney. O lado mais interessante deste método é que certamente não serve apenas para produção de desenhos animados. Um perfeito exemplo das lógicas indutiva, dedutivas e abdutiva muito bem alinhadas em um padrão afinado para construir uma indústria bilionária do entretenimento.

Assim, Walt Disney nos ajuda a matar essa charada e a perceber quais padrões temos que entender hoje para usar melhor a criatividade. O método do cofundador da The Walt Disney Company é simples e pode ser usado em qualquer projeto. Assim como ele, qualquer um de nós pode e deve exercitar a criatividade para mudar, ampliar, resolver ou inovar nos negócios.

*Autor do livro “Cientista Industrial”, especialista em inovação de processos e produtos

A receita de Walt Disney para o sucesso
A receita de Walt Disney para o sucesso

MERCADOCOMUM estará circulando em dezembro com uma edição especial impressa e outra eletrônica trazendo matérias sobre os premiados, as empresas/instituições e personalidades, destacando a relevância da premiação para a economia e o desenvolvimento de Minas Gerais. Cabe ainda ressaltar a importância da realização desse evento, que reúne expressiva parcela formadora do PIB mineiro e obtém ampla repercussão da mídia em geral. Nesta edição especial constará o descritivo do XXVII Ranking de Empresas Mineiras, listando-se as “500 Maiores Empresas de Minas – 2023” – em ordem alfabética, por setor econômico, receita operacional líquida, resultado, patrimônio líquido e ativos totais.

MercadoComum, ora em seu 30º ano de circulação e em sua 324ª edição é enviado, mensalmente, a um público constituído por 118 mil pessoas formadoras de opinião em todo o país, diretamente via email e Linkedin, Whatsapp/Telegram, além de disponibilizar, para acesso, o seu site www.mercadocomum.com, juntamente com as suas edições anteriores. 

De acordo com estatísticas do Google Analytics Search a publicação MercadoComum obteve – no período de outubro de 2022 a agosto de 2023 – 9,56 milhões de visualizações – das quais, 1.016.327 ocorreram de 14 de agosto a 10 de setembro/2023.

Tráfego orgânico MercadoComum bY SEO MUNIZ

O XXV Prêmio Minas – Desempenho Empresarial – Melhores e Maiores Empresas – MercadoComum – 2023 conta com o apoio da ACMINAS – Associação Comercial e Empresarial de Minas; ASSEMG – Associação dos Economistas de Minas Gerais; Fórum JK de Desenvolvimento Econômico; IBEF – Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de Minas Gerais e MinasPart- Desenvolvimento Empresarial e Econômico Ltda

O prazo para reserva de espaço para as publicidades na edição especial de MC será até o dia 31 de outubro e, a entrega de materiais, até o dia 16 de novembro.

As empresas agraciadas que participarem desta premiação, através da veiculação de uma página de publicidade na edição especial impressa e eletrônica, bem como no site desta publicação, além de um descritivo institucional sobre as mesmas receberão, também, um diploma impresso em papel especial, um troféu em aço inox e terão direito, adicionalmente, a uma mesa exclusiva de 8 lugares para a solenidade de premiação e jantar de confraternização. Também participarão de um almoço especial que ocorrerá em dezembro, em Lagoa Santa-MG, em homenagem aos agraciados.

Rota

Sua localização:

Mercado Comum: Jornal on-line - BH - Cultura - Economia - Política e Variedades

Rua Padre Odorico, 128 – Sobreloja São Pedro
Belo Horizonte, Minas Gerais 30330-040
Brasil
Telefone: (0xx31) 3281-6474
Fax: (0xx31) 3223-1559
Email: revistamc@uol.com.br
URL: https://www.mercadocomum.com/
DomingoAberto 24 horas
SegundaAberto 24 horas
TerçaAberto 24 horas
QuartaAberto 24 horas
QuintaAberto 24 horas
SextaAberto 24 horas
SábadoAberto 24 horas
Anúncio